quinta-feira, 6 de abril de 2017

Guerra da Síria e a ignorância o Achismo Brasileiro - EUA ataca umas das base militar na Síria

       hoje em dia esta difícil conversar sobre situações politicas e interesses mundiais com o seu amigo ou familiar, principalmente a existência do Control C & V, não só em sites mais sim jornais televisivo principalmente  de brasileiro, Claro que guerra  e uns dos fatos mais ignorante  existente  neste planeta, que são influenciados obviamente, em questão politicas, religiosas é interesse de recursos primários da natureza. 
         Em questão da Síria, e um país que tem a sua diversidade religiosa e cultura, muito controversas que estão com vivenciando  que isso futuramente pode trazer consequentemente indiferenças ideológicas.
 O vídeo que possa entende-lo melhor e do Felipe Castanhari - Canal Nostalgia




                    EUA ataca umas das base militar na Síria 

Os EUA lançaram 50 mísseis de cruzeiro em uma base militar na Síria sofreu base de síria choque perto província de Homs, NBC relatou. O objetivo do impacto foi o campo de aviação da Força Aérea perto de Homs Síria, relata TASS. Anteriormente, foi relatado que o chefe do Pentágono Dzheyms Mettis oferta presidente dos EUA, Donald Trump infligir ataques à Síria com mísseis de cruzeiro. Coordenador do Comitê de Negociação Supremo (WCP) oposição síria Riyad Hijab tem chamado para destruir aeronaves e armas do exército sírio. Antes disso, a CNN informou que Trump está pensando sobre o uso de ação militar contra Damasco. Rússia recebe sinais na preparação de operações de grande militares na Síria em conexão com a acusação das autoridades sírias no ataque químico na província de Idlib, disse o vice-representante permanente junto da ONU, a Rússia, Vladimir Safronkov. Ele observou que os apoiantes da operação militar na Síria vai assumir a total responsabilidade pelas consequências. Safronkov também pediu para lembrar o que os resultados levaram invasão do Iraque e Líbia, relata TASS. Safronkov disse que o Ocidente sobre o seu projecto de resolução do Conselho de Segurança da ONU está a tentar obter acesso a toda a Síria. De acordo zampostpreda Rússia, a reunião do Conselho de Segurança da ONU sobre a Síria saiu do sombrio, como o discurso do embaixador dos EUA na ONU, Nikki Heyli. EUA, Inglaterra e França antes circulou no projecto de resolução do Conselho de Segurança da ONU sobre a situação dos himatakoy em Idlib. Neste projeto, eles culpou o incidente às autoridades sírias.